Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone
Rodrigo Gurgel, "12 poemas para a vida inteira" :
Poemas para a vida inteira. A luta diária do escritor, de todo artista, sintetizada de forma genial.
Rodrigo Gurgel, "12 poemas para a vida inteira" :
Poemas para a vida inteira. Há uma didática para mostrar a Verdade.
Rodrigo Gurgel, "12 poemas para a vida inteira" :
No primeiro volume de Em busca do tempo perdido, de Marcel Proust, o narrador conta sua experiência: ele recorda sua infância, quando escrever era um anseio atormentador. Cada detalhe inspira o garoto. No entanto, há um abismo entre o pensamento e o gesto de empunhar o lápis. Sua angústia o persegue — e ser incapaz de concretizar o desejo de escrever muitas vezes o aniquila.
Título: Os homens ocos
Autor:
Rodrigo Gurgel, "12 poemas para a vida inteira" :
Poemas para a vida inteira. Numa terra morta, homens vazios caminham em busca de esperança.
Título: O infinito
Autor:
Rodrigo Gurgel, "12 poemas para a vida inteira" :
Poemas para a vida inteira. A doçura de perder-se no “eterno”, nas “estações já mortas” e no tempo presente.
Rodrigo Gurgel, "12 poemas para a vida inteira" :
Poemas para a vida inteira. A beleza que sempre nos escapa; a beleza efêmera que poderia ter sido tudo.
Rodrigo Gurgel, "12 poemas para a vida inteira" :
Poemas para a vida inteira. Uma elegia moderna; a dor insuperável, pungente, reiterada, pelo amigo morto.
Título: Rumo a Bizâncio
Autor:
Rodrigo Gurgel, "12 poemas para a vida inteira" :
Poemas para a vida inteira. Perdido numa geração relativista, o poeta anseia pela verdade eterna.
Rodrigo Gurgel, Facebook :
Para descobrir um Otto Maria Carpeaux diferente, desconhecido no Brasil, e preencher as lacunas que existem em sua biografia, a Vide Editorial acaba de publicar "Caminhos para Roma". Quem deseja conhecer o Carpeaux integral — e não apenas o nome sequestrado pela esquerda brasileira — precisa ler este livro.
Título: A fera na selva
Autor:
Rodrigo Gurgel, "Dicas de leitura no Dia Nacional do Livro" :
O perigo de não tomar decisões e de se recusar a viver.