Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone
Rodrigo Gurgel, Facebook :
Para descobrir um Otto Maria Carpeaux diferente, desconhecido no Brasil, e preencher as lacunas que existem em sua biografia, a Vide Editorial acaba de publicar "Caminhos para Roma". Quem deseja conhecer o Carpeaux integral — e não apenas o nome sequestrado pela esquerda brasileira — precisa ler este livro.
Olavo de Carvalho, COF 255 - 00:52:00 :
Para ter uma idéia do efeito devastador que a escola de Viena teve ao longo das décadas; sobretudo com Schönberg.
Olavo de Carvalho, COF 235 - 00:06:00 :
Descreve uma situação catastrófica, na qual os computadores, dentro em breve, escaparão de todo controle humano.
Olavo de Carvalho, COF 120 - 01:15:50 :
Dá uma idéia do ambiente anti-milagroso;
Olavo de Carvalho, COF 123 - 01:30:00 :
Descreve o jardim de versalhes em páginas memoráveis;
Olavo de Carvalho, COF 127 - 01:00:50 :
Livro sugerido no curso "Raízes da Modernidade". Obra-prima de história, além de ser um livro maravilhosamente escrito. Estuda a passagem da primeira etapa da modernidade para o Iluminismo.
Olavo de Carvalho, COF 175 - 01:44:00 :
Documenta que a literatura do século XVIII corrompia, pois era formada de 80% de material pornográfico ou, pelo menos, anti-religioso.
Olavo de Carvalho, COF 120 - 01:15:50 :
Dá uma idéia do ambiente anti-milagroso.
Olavo de Carvalho, COF 127 - 01:00:50 :
Livro sugerido no curso "Raízes da Modernidade". Raramente se encontrará uma obra tão bem feita;
Olavo de Carvalho, "O Ocidente islamizado" :
Mostrou que a receptividade dada à crítica anti-tradicional intelectualmente sofisticada foi devida menos à aparente racionalidade de seus argumentos do que à atmosfera preparada por uma incrível inundação de piadas e lendas anti-religiosas, de uma baixeza e vulgaridade à toda prova, que já circulavam desde muito antes dos panfletos de Voltaire e Diderot;
Olavo de Carvalho, COF 270 - 00:10:30 :
Como tudo o que Hazard escreve, é extraordinário; mostra como as idéias de Kant podem parecer inovativas, mas nunca chocantes para o público; eram vistas como grandes sugestões para a realização de um ideal difundido.
Olavo de Carvalho, COF 114 - 00:47:50 :
Frisa que Nietzsche é o último suspiro do humanismo, que é uma proposta sobre a autonomia do indivíduo, sendo seu próprio senhor;
Olavo de Carvalho, COF 127 - 01:00:50 :
Livro sugerido no curso "Raízes da Modernidade". Analisa as mudanças de mentalidade do período da modernidade, sobretudo a partir de elementos que ele colhe da pintura.
Olavo de Carvalho, COF 97 - 00:43:00 :
Leitura Formativa Básica;
Olavo de Carvalho, True OutSpeak 02/04/2007 00:12:30 :
Sem esse livro não é possível entender o que é a ciência hoje, que na sua quase totalidade é uma fantasia;
Olavo de Carvalho, COF 127 - 01:00:50 :
Livro sugerido no curso "Raízes da Modernidade". Livro fundamental para compreensão da modernidade;
Olavo de Carvalho, O Jardim das Aflições, É Realizações, 2ª edição, página 145, nota 106 :
Comentando um estágio já mais avançado do processo de matematização da natureza — a física de Galileu —, escreve Edmund Husserl: “Segundo o que observamos, a idéia galilaica é uma hipótese, e uma hipótese de um gênero surpreendente. Surpreendente, porque, não obstante a verificação, a hipótese permanece uma hipótese, e o permanece para sempre; a verificação ( a única possível ) é uma seqüência infinita de verificações. É precisamente esta a essência própria da ciência natural, o a priori do seu modo de ser.”
Olavo de Carvalho, COF 90 - 1:40:10 :
"Anos atrás quando eu li esse livro fiquei muito impressionado, pois percebi que estava se formando um clero científico, com a pressunção de substituir o clero das antigas relgiões [...]";
Olavo de Carvalho, O Jardim das Aflições, É Realizações, 2ª edição, página 150. :
É aterrador ver como os cientistas da comunidade que Raymond Ruyer denominou “gnósticos de Princeton” se divertem concebendo “modelos de universo”, sem a menor preocupação de indagar se algum dia esses modelos foram levados à prática.
Olavo de Carvalho, COF 66 - 00:56:00 :
Um belo livro sobre certos aspectos, mas mostra o europeu moderno como uma pessoa que vive sem esperança, vivendo apenas em busca de mais conforto, satisfação e segurança.
Olavo de Carvalho, COF 22 - 01:27:00 :
Traz a coletânea de aspirações cientíticas dignas de filmes. É uma pequena jóia.