Compartilhe:Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone
Olavo de Carvalho, COF 285 - 01:01:00 :
Tem um mapeamento do estado atual do esoterismo não-ocidental de maneira mais ampla.
Olavo de Carvalho, COF 285 - 01:01:00 :
Tem um mapeamento do estado atual do esoterismo ocidental de maneira mais ampla.
Olavo de Carvalho, COF 285 - 01:01:00 :
Coletânea de ensaios que dá uma idéia do estado atual, pelo menos do ambiente francês, do esoterismo.
Olavo de Carvalho, O Jardim das Aflições, É Realizações, 2ª edição, página 287, nota 250 :
A KGB tinha nos militantes comunistas, e não nos agentes efetivos, a sua principal força.
Olavo de Carvalho, O Jardim das Aflições, É Realizações, 2ª edição, página 212, nota 145 :
Demasiado distante de Bizâncio para poder desfrutar da proteção imperial contra os bárbaros, demasiado sujeita à autoridade bizantina para poder recusar-lhe o pagamento de pesados impostos, a Igreja de Roma, por volta do século VIII, começa a sonhar com uma transferência do Império para o Ocidente
Olavo de Carvalho, O Jardim das Aflições, É Realizações, 2ª edição, página 230, nota 168 :
Sobre os métodos persuasivos do Albuquerque terríbil. O volume faz parte de uma série notável que a autora consagrou à história dos descobrimentos portugueses.
Olavo de Carvalho, O Jardim das Aflições, É Realizações, 2ª edição, página 243, nota 185 :
Pedro I é convidado a entrar na organização maçônica, elevado rapidamente à condição de Grão-Mestre, e em seguida boicotado pela Maçonaria mesma e levado à abdicação.
Olavo de Carvalho, O Jardim das Aflições, É Realizações, 2ª edição, página 193, nota 134 :
Absolutamente indispensável a quem queira compreender a formação da europa na Idade Média;
Thomas Woods, Como a Igreja Católica Construiu a Civilização Ocidental, Quadrante, 5ª edição, página 22, nota 16 :
Após o declínio do Império carolíngio os monges iniciaram a recuperação do saber. Eles possuíam uma alta capacidade de se recuperar mesmo após as devastações das invasões.